Vacina Tríplice Viral (SCR)

Conheça todos os detalhes da Vacina Tríplice Viral (SCR)​

Vacina indicada para:

Crianças

(0 a 10 anos)

Adolescentes

(11 a 19 anos)

Adultos

(20 a 59 anos)

Idosos

(+ de 60 anos)

Indicações:

A Vacina Tríplice Viral é indicada a partir de 12 meses de idade. Crianças que foram vacinadas antes desse período devem ser revacinadas, pois podem não responder adequadamente à SCR. A dose aplicada entre 6 e 12 meses geralmente é administrada em situações de surto.

Mulheres suscetíveis a qualquer uma das doenças acima citadas devem receber a vacina tríplice viral (SCR) no pós-parto imediato.

Doses:

Para crianças, recomenda-se como rotina duas doses da vacina SCR, sendo uma aos 12 meses de idade e outra entre 15 e 18 meses de idade.

Crianças mais velhas, adolescentes e adultos que não foram vacinados ou não têm comprovação das doses aplicadas devem receber duas doses com intervalo de um a dois meses entre cada uma delas. Esta é uma situação especialmente importante para aqueles em viagem ao exterior.

Contraindicações:

A SCR não é indicada para algumas pessoas e pode trazer riscos a esses grupos. Saiba quem não pode tomar a vacina tríplice viral:

  • Gestantes;
  • Pessoas que têm anafilaxia aos componentes da vacina (inclusive neomicina e gelatina);
  • Imunodeprimidos, ou seja, pessoas que têm doença de base que leva à imunossupressão ou que fazem uso de imunossupressores como corticosteróides por via oral ou parental.
  • Pessoas que realizaram radioterapia ou quimioterapia nos últimos 3 meses;
  • Pessoas que realizaram transplante de medula óssea devem aguardar de 1 a 2 anos para receber a vacina;
  • Pessoas com histórico de alergia grave após aplicação de dose anterior das vacinas ou de seus componentes;
  • Vacinas de vírus vivos, se não aplicadas no mesmo dia, devem ter intervalo de no mínimo 30 dias entre as aplicações;
  • Pacientes que estejam com febre no dia da aplicação devem ter a administração da vacina adiada. 

Após receber a vacina, recomenda-se evitar gestação por 30 dias. Pessoas que receberam doses da vacina febre amarela e/ou a vacina varicela devem aguardar no mínimo 30 dias para receber a Vacina Tríplice Viral.

Reações Adversas:

Existem algumas possíveis reações adversas causadas pela tríplice viral: 

  • Reações locais raras, como ardência, vermelhidão, dor e formação de nódulo. 
  • Exantema e febre de um dia de duração 5 a 7 dias depois da primeira dose da vacina SCR. 

Outras reações bem menos frequentes:

  • Manifestações hemorrágicas (púrpura trombocitopênica), com evolução benigna entre 12 a 25 dias após a vacinação;
  • Inflamação das meninges (meningite), em geral benigna, pode ocorrer entre o 11º e o 32º dia após a vacinação;
  • Dores articulares ou artrite atinge 25% das mulheres após a puberdade, de um a 21 dias depois da vacinação;
  • A anafilaxia pode ocorrer nos primeiros 30 minutos depois da aplicação da vacina, porém acontece raramente.

Observa-se um risco aumentado de febre e convulsões de 5 a 12 dias após a 1ª dose da vacina Tetraviral, quando comparada à administração da vacina SCR (tríplice viral) dada concomitantemente à vacina varicela.  

A escolha da vacina Tetraviral ou Tríplice viral administrada no mesmo dia que vacina varicela fica a critério médico.

Do que é feita?

Vacina Tríplice Viral é uma vacina atenuada, ou seja, contém os vírus vivos, porém “enfraquecidos” do Sarampo, Rubéola e Caxumba, além de albumina humana, sulfato de neomicina, aminoácidos, sorbitol, gelatina e traços de proteína do ovo de galinha.

Comparativo entre Vacinas

VACINA PÚBLICA

⦁ Disponível apenas duas doses para pessoas de 12 meses a 29 anos, e uma dose para adultos entre 30 e 49 anos;

⦁ Contém traços de lactoalbumina (proteína do leite de vaca)

VACINA SUZANCLIN

⦁ Disponível para crianças, adolescentes e adultos de qualquer idade;

⦁ Apresentação é em dose individual.

Open chat
1
Olá, seja bem-vindo(a) a Suzanclin Vacinas.
Como podemos ajudar?